Tite oficializa saída do Grêmio

Depois de dois anos e meio no cargo, o técnico Tite anunciou nesta terça-feira, de forma oficial, que não é mais o treinador do Grêmio e com isso, está livre para negociar com o São Paulo. A diretoria do clube paulista anunciou publicamente no início da semana o interesse por Tite e esse dado foi decisivo para que o treinador tomasse a decisão de pedir demissão, na noite desta segunda-feira. A contratação de Tite pode ser anunciada pela diretoria do tricolor paulista nas próximas horas. O treinador, no entanto, garantiu que ainda não tem nada acertado com o clube paulista.Tite deixa o clube gaúcho desgastado. Neste ano, o time foi eliminado pela primeira vez, na primeira fase do Campeonato Gaúcho. Além disso, caiu nas quartas-de-final da Copa Libertadores da América e vem fazendo péssima campanha no Campeonato Brasileiro, onde ocupa a 20ª colocação após 11 rodadas. No comando do Grêmio desde janeiro de 2001, Tite conquistou um título da Copa do Brasil - com vitória sobre o Corinthians, no Morumbi - e um Campeonato Gaúcho. Os dois títulos foram conquistados em 2001. Três nomes estão sendo cogitados para a substituição de Tite: Valdir Espinosa, Bonamigo e Hugo De Leon.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.