Daniel Augusto Jr/ Divulgação
Daniel Augusto Jr/ Divulgação

Tite quer 'criatividade' para buscar reforços no mercado brasileiro

Corinthians também pode se voltar para as categorias de base

RAPHAEL RAMOS, Estadão Conteúdo

24 de julho de 2015 | 18h53

Com o fechamento da janela de transferências internacionais na terça-feira, Tite admite que o desafio dele e da diretoria do Corinthians é encontrar jogadores dentro do mercado brasileiro que possam reforçar o elenco para a sequência do Campeonato Brasileiro. O treinador pede, principalmente, um atacante para substituir Guerrero, que foi para o Flamengo. O clube tentou o colombiano Teo Gutiérrez, ex-River Plate, mas perdeu a disputa para o Sporting, de Portugal. Outro desejo de Tite é por mais um meia.

"É muita grana para trazer caras de fora. Agora temos a busca da criatividade. A grande negociação que viria na janela não está dentro do momento do Corinthians. Agora vamos ter a criatividade de buscar esses dois atletas que estamos buscando. É mais criatividade do que investimento", disse Tite nesta sexta-feira.

O Corinthians negocia com Jonathas, atacante que fez 14 gols no último Campeonato Espanhol pelo Elche. O jogador rescindiu o seu contrato e, por isso, está livre no mercado e a transação não é considerada uma transferência internacional. O entrave na negociação está no salário pedido pelo jogador, que alega ter propostas melhores de clubes da Europa. "O aspecto financeiro é um diferencial muito grande, por isso não comparo futebol brasileiro com o europeu. O nível de investimento lá é extremamente alto", lamentou Tite.

Sem reforços, o treinador tem de se contentar com garotos recém-promovidos das categorias de base. É o caso do meia Matheus Pereira, que atuou no amistoso contra o ABC na quarta-feira, teve o seu desempenho elogiado e deve ser aproveitado nas próximas rodadas do Brasileiro. "Digo para todos os atletas se prepararem porque a oportunidade vai surgir. O desempenho do Matheus Pereira me deu tranquilidade contra o ABC", disse Tite.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansTitebrasileirao

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.