Ricardo Duarte/Divulgação
Ricardo Duarte/Divulgação

Tite reconhece méritos do Inter em vitória sobre o Corinthians

Alvinegro perde invencibilidade de 17 jogos no Brasileirão

RAPHAEL RAMOS, O Estado de S. Paulo

17 de setembro de 2015 | 08h37

O técnico Tite reconheceu que o Corinthians não jogou bem na derrota por 2 a 1 para o Internacional, quarta-feira, e admitiu que o adversário mereceu o resultado. Com o resultado, o time perdeu em Porto Alegre uma invencibilidade de 17 jogos no Campeonato Brasileiro. "Temos de reconhecer que o Inter teve méritos e qualidades individuais. O Internacional teve competência para vencer", afirmou o treinador.

A derrota só não foi tão lamentada porque o Corinthians conseguiu manter cinco pontos de vantagem na liderança. A equipe acabou ajudada pelo Santos, que goleou o Atlético-MG na Vila Belmiro. O Corinthians tem 54 pontos.

"O Internacional começou melhor, mas quem fez o primeiro gol foi a gente. Estávamos perto do segundo gol e quem acabou marcando foi o Inter. Futebol tem essas coisas", analisou Tite.

O treinador evitou críticas ao lateral-direito Edilson, que jogou improvisado na esquerda depois da lesão de Uendel, no início do primeiro tempo. Os dois gols do Inter saíram pelo setor do jogador. "A nossa saída ficou prejudicada, mas não em termos defensivos não tivemos tanto problema. Perdemos por causa de todo o conjunto da obra", disse.

Uendel recebeu o terceiro cartão amarelo e terá de cumprir suspensão no domingo, contra o Santos. Tite ainda não definiu o substituto, mas deve escalar o zagueiro Yago improvisado na lateral esquerda.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoCorinthiansTite

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.