Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Tite repete time de goleada e deixa Pato no banco do Corinthians

Guerrero, Jorge Henrique e Emerson Sheik vão ser titulares contra o São Caetano

Vítor Marques, Agência Estado

08 de fevereiro de 2013 | 13h01

SÃO PAULO - O técnico Tite confirmou nesta sexta-feira a escalação do Corinthians para o jogo com o São Caetano, sábado, no Estádio do Pacaembu, pela sétima rodada do Campeonato Paulista, e decidiu repetir a formação que goleou o Oeste por 5 a 0, no último domingo. Assim, o atacante Alexandre Pato ficará no banco de reservas no duelo deste fim de semana. "A equipe que inicia é a mesma que iniciou contra o Oeste, não preservei ninguém", disse.

Com a definição, o Corinthians vai entrar em campo com a seguinte formação: Danilo Fernandes; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho e Danilo; Jorge Henrique, Guerrero e Emerson Sheik. Tite explicou que conversou com Paulinho e Guerrero, que defenderam as seleções do Brasil e do Peru nesta semana, antes de definir a escalação de ambos.

"Conversei com o Paulinho e com o Guerrero, eles se apresentaram mesmo depois da viagem que fizeram, disse da importância de eles terem tratamento igual, nem foram para casa pegar roupa, vou liberá-los à tarde, mas eles voltam e vão para o jogo", afirmou.

Pato marcou o seu primeiro gol pelo Corinthians logo na sua partida de estreia, diante do Oeste, quando entrou durante o segundo tempo. A ausência de Guerrero no duelo com o Botafogo de Ribeirão Preto - empate por 0 a 0 - na última quarta-feira permitiu a sua escalação como titular, mas agora ele volta ao banco de reservas. Tite justificou a sua decisão.

"O tratamento é igual para todos, claro que sei da qualidade, só não coloco de forma específica", disse. "A regra é para o Paulinho, tem quer ser pra todos, sei da dimensão, da qualidade (do Pato), mas isso vai se construindo no campo, nos treinamentos, no trabalho)", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.