Pedro Martins/Mowa Press
Pedro Martins/Mowa Press

Tite se diz surpreso com goleada do Brasil: 'Foi mais do que eu imaginava'

Treinador só descartou fazer as contas pela confirmação da vaga no Mundial

Ciro Campos, enviado especial a Montevidéu, Estadao Conteudo

23 de março de 2017 | 23h14

O técnico Tite demonstrou surpresa com a vitória da seleção brasileira por 4 a 1 sobre o Uruguai, nesta quinta-feira, em Montevidéu, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018. O treinador descartou fazer as contas pela confirmação da vaga no Mundial, porém disse ver a equipe cada vez mais preparada para esse compromisso, principalmente por ter demonstrado respeito ao adversário mesmo com a goleada aplicada no Estádio Centenário.

"Foi mais do que eu imaginava. Eu não tenho noção real do crescimento e de como o Brasil reagiria a sair atrás no placar. O mais importante não foi o resultado. Mas sim o desempenho nos 90 minutos, a capacidade de absorver o gol e sair em busca do resultado", afirmou.

A seleção chegou à sétima vitória consecutiva nas Eliminatórias e aplicou a segunda goleada seguida sobre o Uruguai em Montevidéu pela competição. No último encontro, em 2009, a vitória foi por 4 a 0.

Tite disse gostar de ver no elenco a postura de continuar focado mais na atuação e menos no resultado. "O time está feliz pelo desempenho, não pelo placar. Ninguém pegou a bola, tocou de lado e virou o rosto. Não teve firula. Foi um jogo vertical, em que temos pegaram gosto pelo bom desempenho, isso é legal demais", afirmou o treinador, que desde a chegada ao cargo, só obteve vitórias - são oito, sendo uma em um amistoso.

O treinador prometeu convocar um novo lateral-direito para substituir Daniel Alves, suspenso da partida como Paraguai, na terça-feira, no Itaquerão, por ter recebido o segundo cartão amarelo. Fágner é quem deve ser o titular e o novo nome é quem ficará como suplente.

"Tivemos um nível de concentração muito alto. Mentalmente a equipe esteve forte, teve um ótimo nível de desempenho. Temos que isentar o resultado. Algum dia nós iremos perder, mas o importante é ter boa atuação", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.