Tite segue no Corinthians em 2005

A sede do Corinthians mudou do Parque São Jorge na zona Lesta para a valorizada zona Sul. No prédio de número 12.995 da avenida das Nações, escritório da MSI, aconteceu nesta segunda-feira uma reunião de quatro horas que definiu o futuro do time para pelo menos dois anos. E ele terá como comandante o melhor técnico do Brasil, segundo o empresário Kia Joorabchian: Tite.O treinador continuará o seu trabalho como queriam os jogadores e grande parte da torcida - fatos que convenceram os dirigentes da MSI. "Eu quis ficar por causa dos jogadores, da torcida e da minha afinidade ao Corinthians. O que eu tinha de resolver com o Kia, já resolvi", dizia Tite.O treinador se referia ao fato de o empresário haver conversado com Vanderlei Luxemburgo e haver oferecido o cargo de técnico do Corinthians. "Eu nunca falei que o Luxemburgo era o número um. O melhor para o Corinthians sempre foi o Tite. Eu me convenci disso conversando com vários treinadores. Não existe mais problema algum entre nós", garantia Kia.Ficou claro que o iraniano pediu desculpas ao treinador. Assim como Tite reconsiderou a sua promessa de nunca trabalhar com ninguém da MSI. "Reconsiderei depois de ouvir os argumentos de Kia. Não tenho vergonha ou medo de dizer que mudei de opinião", assumiu o técnico.Um fator também que convenceu Tite a ficar foi a promessa da montagem de uma grande equipe, a melhor do Brasil, de acordo com Kia. "Essa potencialidade financeira mostrada pela MSI me proporciona a chance de contar com jogadores de um nível muito alto. Quero trabalhar com uma equipe forte assim. Não vou negar que esse atrativo pesou demais na minha decisão. Não foi por acaso que recusei algumas outras propostas", admitiu o técnico. Tite recusou propostas de Flamengo, Cruzeiro e Grêmio.Paciência - Kia apenas pediu para Tite um pouco de paciência. "Roma não foi construída em um dia. A nossa prioridade é o Brasileiro. Não estamos montando time apenas para disputar o Paulista. Muito pelo contrário: o Paulista não tem peso para os nossos projetos. Queremos o Brasileiro e até lá há tempo. O Tite concordou."Tite quer um aumento. Ele ganhava R$ 50 mil. Sabe que a Luxemburgo foi oferecido US$ 1 milhão e mais US$ 150 mil mensais. Kia irá dar. A assinatura de contrato deverá acontecer nos próximos dias, quando o empresário do técnico Gilmar Veloz, voltar de Punta del Leste.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.