Jeferson Guareze/AFP
Jeferson Guareze/AFP

Tite sinaliza que Firmino e David Neres serão titulares na estreia da Copa América

Atacantes devem iniciar duelo contra a Bolívia, sexta-feira, no Morumbi

Redação, O Estado de S.Paulo

09 de junho de 2019 | 20h35

A maior vitória de Tite pela seleção brasileira foi construída diante de um rival fraco e que teve um jogador expulso no primeiro tempo. Mesmo com esses asteriscos, o treinador considera que a equipe fez seu papel ao conseguir marcar 7 a 0 diante de Honduras, neste domingo, em Porto Alegre, e mostrou evolução antes da estreia na Copa América, sexta-feira, diante da Bolívia, no Morumbi. A partir desta segunda-feira, a equipe já treina em São Paulo.

“Nós soubemos aproveitar a vantagem de um homem a mais. Em alguns casos, o time mantém a posse de bola lá atrás, mesmo com a vantagem numérica. A equipe construiu muitas oportunidades”, afirmou Tite. “A única coisa que posso cobrar é precisão nas finalizações”, completou o treinador.

A distribuição dos autores dos gols – Gabriel Jesus (dois), Richarlison, Firmino, Coutinho, Neres e Thiago Silva – atesta outro ponto positivo: o time fez um jogo coletivo, diversificando as jogadas de ataque. No segundo tempo, Tite utilizou praticamente todas as opções, principalmente no ataque, mas Roberto Firmino deve ser titular na estreia. “Eu valorizo essa ascensão e retomada do Gabriel Jesus. Ele está sorrindo. Mas tem uma concorrência de um atleta que vinha com a titularidade pelos jogos que fez. Mas eu fico feliz pela resposta dos dois”, afirmou Tite.

Enquanto Firmino comemorava o título da Liga dos Campeões pelo Liverpool, Gabriel Jesus tentava recuperar seu espaço na seleção brasileira. O jogador do Manchester City marcou três gols nas duas partidas, mas reconhece que o campeão europeu está em ótima fase. “Acredito que meu começo do ciclo com o Tite foi muito bom. Depois o Firmino veio ganhando espaço, fazendo por merecer. Sou muito consciente disso, do momento dele. Estou aqui para ajudar no que for preciso”, declarou Gabriel.

Sobre a disputa pela vaga de Neymar, entre David Neres e Everton, o técnico voltou a elogiar o atacante do Ajax. “O David fez um grande jogo. Ele flutua, está num bom nível de confiança. Fez um grande jogo, fez gol”, disse o treinador.

Neres celebrou seu primeiro gol na seleção. “É um momento que vai ficar marcado na minha vida. Estou muito feliz em marcar meu primeiro gol pela seleção”, afirmou o jogador, que terá a oportunidade de voltar ao Morumbi, estádio onde começou sua carreira no São Paulo, antes de ser vendido para o futebol holandês. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.