Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Tite só tem elogios para o Corinthians

O técnico Tite saiu satisfeito com a sua equipe na vitória sobre o Paraná Clube, neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro. Segundo ele, o time mostrou a determinação necessária, principalmente no segundo tempo, quando sofreu uma grande pressão da equipe paranaense. "O time todo soube se comportar em campo.Fechamos todos os espaços e mesmo depois do gol sofrido, a equipe manteve a mesma postura." Para Tite, o time não precisou de nenhuma recomendação especial, mesmo jogando com um atleta a menos. "Eu apenas pedi para que todos jogassem aquilo que sabem, com uma determinação muito grande", disse o treinador. Considerado um dos melhores em campo, o goleiro Fábio Costa creditou sua boa atuação aos treinos e à vontade da equipe. "Nosso time jogou muito bem, e mesmo depois de levarmos o gol, mantivemos o mesmo jogo." Na sua opinião, faltou pouco para o resultado ser mais confortável. "Tivemos a chance de marcarmos o terceiro gol e fechar o placar, e sofremos o gol numa falha de marcação, na primeira trave. Isso significa que nosso time foi superior na partida", disse o goleiro. Para Betão, a equipe mostrou que está no caminho, em busca da classificação para a Copa Libertadores. "O time se comportou com muita vontade e nós soubemos segurar a pressão do adversário, que aumentou bastante depois que eles marcaram o gol". Na sua opinião, o grupo não pode se acomodar com essa vitória difícil e deve pensar no próximo jogo, contra o Criciúma. "Precisamos manter a mesma seriedade com que enfrentamos o Paraná, fora de casa." O atacante Gil também fez uma análise positiva do time. Segundo ele, o que mais prejudicou foi a forte marcação do time paranaense. "Nós buscamos o resultado desde o início, mas, com um a menos, precisamos alterar algumas coisas. Mesmo assim, o que pesou mais foi a marcação do Paraná Clube". Autor dos dois gols que garantiram a vitória corintiana, Fabinho preferiu dividir os méritos com todo o grupo. "Eu devo agradecer a toda a equipe, que está muito unida em torno de um objetivo", concluiu. O volante Axel, do Paraná, lamentou a derrota e disse que o empate seria mais justo, pelo que o Paraná apresentou, no segundo tempo. "O resultado mais justo seria o empate, nossa equipe pressionou bastante e, mesmo com a defesa deles suportando a pressão, nosso time teve as chances para marcar os gols necessários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.