Pedro Martins/Mowa Press
Pedro Martins/Mowa Press

Tite tem até o dia 13 para definir substituto de Neymar para a Copa América

Seleção brasileira avalia opções para recompor o elenco após atacante lesionar o tornozelo direito

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

06 de junho de 2019 | 10h29

O técnico Tite tem até o próximo dia 13 para definir quem será o substituto de Neymar na lista de convocados da seleção brasileira para a disputa da Copa América. O regulamento da competição organizada pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) prevê que as alterações na relação de jogadores podem ser feitas até a véspera da estreia, condição que permite ao Brasil mais tempo para escolher um possível nome.

Cortado da equipe após sofrer lesão no tornozelo direito, Neymar ainda depende de um laudo médico para regularizar a exclusão da lista de convocados. A comissão técnica da CBF pretende enviar em breve para a Conmebol o relatório que atesta o problema muscular do jogador e a partir da verificação desse conteúdo, receberá a liberação para procurar um outro nome.

Embora o prazo seja de cerca de uma semana para escolher o substituto, o intuito da CBF é definir a situação o quanto antes. A seleção brasileira não quer perder tempo e já pensa em um nome para recompor o elenco de 23 jogadores. Antes da estreia na Copa América, dia 14, contra a Bolívia, a equipe tem um último teste, o amistoso contra Honduras, domingo, em Porto Alegre.

 

Tite estuda agora opções para encontrar o substituto para Neymar. Caso queira um outro jogador para atuar pelos lados do campo, o técnico pode recorrer a Lucas Moura, destaque do Tottenham na última temporada, ou a Vinícius Junior, revelação do Real Madrid, mas que não chegou a estrear com a camisa da seleção brasileira. Um outro candidato é o atacante Dudu, do Palmeiras.

Também podem ganhar chance jogadores presentes na última Copa do Mundo, na Rússia. Por Tite já conhecer o estilo de jogo e confiar nesses nomes, opções como Willian, Douglas Costa e Taison são viáveis. Apesar de não ser da mesma posição que Neymar, Renato Augusto pode ser chamado por ter uma boa relação com o treinador, além de representar mais uma alternativa para compor o meio-campo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.