Daniel Augusto Jr|Divulgação
Daniel Augusto Jr|Divulgação

Tite terá mais opções para decidir vaga contra o Nacional

Marquinhos Gabriel e até Giovanni Augusto à disposição

O ESTADO DE S.PAULO

29 de abril de 2016 | 07h00

Após o empate sem gols em Montevidéu, o técnico Tite terá mais opções para escalar o Corinthians no jogo de volta contra o Nacional, do Uruguai, pelas oitavas de final da Copa Libertadores, quarta-feira, no Itaquerão (21h45). O meia Marquinhos Gabriel, que ainda não fez sua estreia, deve ser liberado para o confronto. Ele já foi inscrito na competição e agora aprimora a parte física para atuar. Esta seria a principal novidade do Corinthians, que briga por um lugar nas quartas de final.

Na partida em Montevidéu, o Corinthians jogou mal, mas conseguiu segurar o empate sem gol. Em São Paulo, semana que vem, o time brasileiro precisa de uma vitória simples para se classificar. Parte da torcida não ficou satisfeita com o desempenho da equipe no Uruguai. Esperava-se que os comandados de Tite apresentassem um futebol mais envolvente após a eliminação para o Audax no Paulistão. Vale lembrar que o Corinthians perdeu algumas classificações em casa, como para o Guaraní, do Paraguai, nas oitavas da Libertadores do ano passado.

Outro jogador que pode voltar à equipe é o meia Giovanni Augusto, que se recupera de uma contusão no tornozelo esquerdo. O caso dele é mais delicado, mas Tite ainda não descartou o retorno do meia. "Conversei com os médicos, mas o processo de evolução é lento, temos de esperar", afirmou o treinador. 

Já Luciano e Danilo, que não jogaram a partida ida, estarão à disposição de Tite. Alan Mineiro é um dos candidatos a sair do time titular, já que não foi bem nas duas últimas partidas. Uma alternativa seria apostar em Marlone, que já mostrou bom futebol depois de se recuperar de lesão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.