Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Tite testa o seu 'plano B' na seleção no amistoso contra a Croácia

Assim como fez contra a Alemanha, técnico esboça Fernandinho com função de marcação ao lado de Casemiro

Almir Leite, enviado especial a Liverpool, Estadão Conteúdo

03 Junho 2018 | 07h14

O amistoso deste domingo da seleção brasileira contra a Croácia, às 11 horas (de Brasília), considerada pelo técnico Tite uma oponente bem forte, vai servir para o treinador testar mais uma vez uma espécie de "plano B" para a Copa do Mundo da Rússia na sua equipe.

+ Tudo sobre a Copa do Mundo 2018!

+ Teste seus conhecimentos sobre a Copa do Mundo

+ Confira tabela da Copa do Mundo da Rússia

A exemplo do que fez de março no amistoso em que o Brasil venceu a Alemanha por 1 a 0, fora de casa, Tite escalou o volante Fernandinho com a missão de ajudar Casemiro na marcação, mas sem perder qualidade na saída rápida de bola ao ataque.

Sem poder contar com Neymar desde o início - a tendência é o atacante do Paris Saint-Germain jogar alguns minutos no segundo tempo -, Tite optou por repetir o time que venceu os alemães, com exceção do lateral-direito Daniel Alves, que com lesão no joelho e fora da Copa do Mundo, vai ser substituído por Danilo.

Na zaga, permanece Thiago Silva, que sai na frente na briga pela posição com Marquinhos por sua experiência e também pela atuação quase perfeita que teve contra a Alemanha. Se mantiver o alto nível de atuação no amistoso deste domingo e no próximo contra a Áustria, será titular na Copa do Mundo, formando a zaga com Miranda, este absoluto com Tite.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.