Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Titular em vitória, Renan Ribeiro sonha em substituir Ceni

Goleiro fez sua estreia pelo São Paulo após dois anos no clube 

CIRO CAMPOS, O Estado de S. Paulo

09 de abril de 2015 | 00h45

Renan Ribeiro esperou quase dois anos para estrear pelo São Paulo e quando a oportunidade chegou, conseguiu fazer o jogo que todo goleiro sonha. Sem levar gols, viu a equipe bater a Portuguesa por 3 a 0 nesta quarta-feira, no Morumbi. Agora, ele passa a alimentar o sonho de ser o possível substituto de Rogério Ceni, que aos 42 anos, tem contrato válido até agosto, quando deve se aposentar.

O técnico interino Milton Cruz escalou o time com sete alterações e abriu chance para o goleiro ex-Atlético-MG finalmente estrear. "Não esperava que ia demorar tanto. Na vida a gente não escolhe a oportunidade. É difícil porque a gente treina muito e não tem a chance de jogar. A partir de agora escrevo uma nova página no meu livro", contou Renan Ribeiro ao deixar o campo do Morumbi.

Renan ganhou espaço porque o substituto imediato de Ceni, Dênis, se recupera de uma cirurgia no ombro direito e só volta a jogar em agosto. O goleiro teve uma atuação tranquila contra a Portuguesa e só fez a primeira defesa já no fim do jogo, em uma cabeçada.

"O Rogério é um cara muito difícil de substituir, mas não impossível. Com o meu trabalho e a ajuda de todo mundo, quem sabe posso construir uma nova história", contou o goleiro de 23 anos, que disse ter se inspirado em Ceni na infância.

O goleiro evitou falar em concorrência com Dênis pelo posto de titular depois da aposentadoria de Ceni. Renan preferiu deixar a responsabilidade de decidir. Para a partida do fim de semana, contra o Red Bull, o veterano de 42 anos deve voltar à posição.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCPaulistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.