Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Titular nos últimos 4 jogos, Lucas Lima busca recuperar espaço no Palmeiras

Após se dedicar mais à marcação, meia vem sendo elogiado por Felipão

Gonçalo Junior, O Estado de S. Paulo

04 de junho de 2019 | 04h30

Titular nos últimos quatro jogos e elogiado por Felipão nas últimas duas vitórias, Lucas Lima busca recuperar seu espaço no Palmeiras. Antes da vitória diante da Chapecoense por 2 a 1, o meia já havia sido escalado para os dois jogos contra o Sampaio Corrêa, em São Luís (MA) e em São Paulo, e também para o confronto contra o Botafogo, em Brasília (DF).

Mesmo com a recuperação de Gustavo Scarpa e Raphael Veiga após lesões musculares, o treinador optou pela manutenção do meia no time titular. "Ele (Felipão) está me dando oportunidades e fico muito feliz pela confiança. Mesmo fora, sempre trabalhei forte e me mantive em silêncio. Fico feliz de ajudar a equipe, aqui é uma maneira diferente de jogar, principalmente na minha função. Tenho procurado fazer o que ele me pede, dar profundidade, jogar mais à frente para ajudar o Deyverson e pressionar. Estou feliz sim, tem muito a evoluir, mas nosso time está muito bem", acrescentou.

Felipão voltou a elogiar a participação de Lucas Lima. "Vem jogando bem e vem fazendo aquilo que ele saber, que é trabalhar bem a bola, colocar em condições a bola para os nossos jogadores de ataque para os gols surgirem. Tem ainda se empenhado mais no sentido de acrescentar marcação, que é uma coisa que ele ainda tinha dificuldade. Mas está superando", avaliou Scolari.

O camisa 20 ainda não marcou gols ou deu assistências neste ano. No ano passado, ele fez sete gols e deu 10 assistências nos 60 jogos de que participou. "O time tem uma forma de jogar. Quando o jogador entra, vai colocar suas características em prol da equipe. Tenho que ajudar na marcação, dar profundidade", diz Lucas Lima. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.