Titulares do Flu vencem coletivo com novo esquema tático

No primeiro coletivo após a troca da formação 4-4-2 para 3-5-2, os titulares do Fluminense venceram por 2 a 1 os reservas, nesta quarta-feira. Após uma derrota, um empate e uma vitória no Campeonato Carioca, o técnico Paulo César Gusmão optou pela mudança, com o objetivo de melhorar o desempenho da equipe. A adoção da formação defensiva fez com que Thiago Neves deixasse o time para entrada de Roger, que atuará no setor esquerdo da zaga. Na direita estará Luiz Alberto e, no meio, Thiago Silva. ?A intenção é escalar o Roger como um terceiro zagueiro para dar liberdade aos alas Carlinhos e Junior César e ao meia Cícero.?, disse o técnico do Fluminense. No sábado, o time tricolor enfrenta o América, pela quarta rodada da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca. Roger não escondeu a felicidade pela oportunidade. O jogador chegou ao clube no início de 2006 para ser o lateral-esquerdo, mas por causa de sua versatilidade se transformou em curinga ao atuar em várias posições. Para o atleta, o mau momento vivido pelo Fluminense, em breve, será superado. ?A gente fica no banco orientando os companheiros porque a visão do campo é diferente. O importante é ajudar o Fluminense a vencer?, disse Roger. ?A concorrência é saudável e natural e quem ganha com isso é o Fluminense, que tem um time forte. Sabíamos que o início seria difícil, mas o entrosamento vai acontecer.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.