Mailson Santana/Fluminense
Mailson Santana/Fluminense

Titulares do Flu têm sábado de descanso antes do duelo com a Chape

Equipes se enfrentam na segunda-feira, em Chapecó, pelo Campeonato Brasileiro

Estadão Conteúdo

22 de setembro de 2018 | 20h54

Os jogadores titulares do Fluminense, que obtiveram uma importante vitória sobre o Deportivo Cuenca, na quinta-feira, em Quito, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana, fizeram neste sábado apenas um trabalho regenerativo no hotel, onde estão hospedados em Chapecó. O time joga pelo Brasileirão na segunda-feira, às 20 horas, contra a Chapecoense, na Arena Condá.

Apenas os reservas e Júlio César compareceram ao CT da Chapecoense para um treinamento de campo. O goleiro explicou a opção da comissão técnica: "Foi uma sequência de viagens bem desgastante, principalmente por conta da altitude de Quito. O treinador preferiu, junto com a preparação física, segurar os titulares no hotel. Eu vim porque goleiro não pode ficar muito tempo sem treinar com bola. O cansaço faz parte, mas temos de superar. Até porque na segunda-feira teremos outra final. A Chapecoense vem de duas vitórias em casa, mas vamos fazer o máximo para sair com o resultado positivo daqui", disse o goleiro.

Um dos destaques na vitória no Equador, Júlio César está entusiasmado com a sua boa fase. "É o meu melhor ano no Fluminense. Prova disso foi que eu fui eleito o melhor goleiro do Campeonato Carioca. Vim mantendo essa regularidade, já tendo feito quase 50 jogos nesta temporada", afirmou o jogador.

"Sem dúvida que isso me deixa feliz e ainda mais motivado para essas cerca de 20 partidas que ainda podem faltar, se chegarmos na final da Sul-Americana. Pensamos no título, pois fecharia o ano com chave de ouro. A situação está boa, tanto individual quanto coletivamente, mas temos de seguir trabalhando forte no dia a dia para mostrar que merecemos estar onde estamos e que podemos alcanças coisas maiores."

O Fluminense é o 11º colocado no Campeonato Brasileiro, com 31 pontos, ao lado de América-MG e Atlético-PR. A Chapecoense luta contra o rebaixamento, na 16ª posição, com 28 pontos.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
FluminenseChapecoense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.