Ari Ferreira / Bragantino
Ari Ferreira / Bragantino

Titulares fazem a diferença e Red Bull Bragantino vira sobre o São Bento

Após Diego Tavares colocar o time de Sorocaba à frente no placar, Helinho empata e Ytalo vira já no fim da partida

Redação, Estadão Conteúdo

10 de abril de 2021 | 22h38

Os titulares fizeram a diferença e garantiram a vitória de virada do Red Bull Bragantino na noite deste sábado sobre o São Bento, por 2 a 1, no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, na retomada do Campeonato Paulista. O jogo foi válido pela nona rodada.

Ainda invicto, o Red Bull Bragantino se isolou na liderança do Grupo C, com 11 pontos, três a mais que o Palmeiras, que tem um jogo a menos. Já o São Bento continua sem vencer e amarga a lanterna do Grupo D, com apenas dois pontos.

Devido à maratona de jogos que o Red Bull Bragantino vai ter pela frente - três em seis dias -, o técnico Maurício Barbieri colocou um time alternativo em campo. E os reservas não souberam aproveitar a oportunidade. Logo aos cinco minutos, Diego Tavares ficou com o rebote do goleiro Cleiton e cabeceou por cobertura para colocar o São Bento na frente.

Um dos únicos titulares em campo, Helinho deixou tudo igual em cobrança de pênalti aos 22 minutos. A bola acertou o braço de Gabriel dentro da área e o árbitro só viu depois de consultar o VAR, para desespero do técnico Edson Vieira e dos jogadores do São Bento, que ainda acertou uma bola no travessão antes do intervalo.

Com o passar do tempo na segunda etapa, Maurício Barbieri colocou alguns titulares em campo, como Claudinho, Artur e Ytalo. E eles fizeram a diferença. Aos 44 minutos, Helinho ficou com a sobra e deu passe preciso para Ytalo. O artilheiro dominou e bateu por baixo de Luiz Daniel.

O São Bento volta a campo na terça-feira, contra o Santo André, às 20 horas, no Canindé, pela quinta rodada. Na segunda, o Red Bull Bragantino encara o São Paulo, também às 20 horas, no Morumbi, pela sétima rodada.


FICHA TÉCNICA

SÃO BENTO 1 X 2 RED BULL BRAGANTINO

SÃO BENTO - Luiz Daniel; Gabriel, Dirceu, Bruno Leonardo e Pablo; Fábio Bahia, Serginho (Escobar), Patrick Vieira (Coutinho) e Daniel Costa (Matheus Santos); Diego Tavares e Ítalo (Geovane Itinga). Técnico: Edson Vieira.

RED BULL BRAGANTINO - Cleiton; Weverton, Ligger, Natan e Weverson (Edimar); Jadsom Silva, Vitinho (Ricardo Ryller), Cuello (Artur), Leandrinho (Claudinho) e Helinho; Hurtado (Ytalo). Técnico: Maurício Barbieri.

GOLS - Diego Tavares, aos dez, e Helinho, aos 22 minutos do primeiro tempo; Ytalo, aos 44 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Douglas Marques das Flores

CARTÕES AMARELOS - Patrick Vieira (São Bento); Edimar, Ricardo Ryller, Cuello e Ligger (Red Bull Bragantino)

LOCAL - Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.