Titulares goleiam sub-20 do Flu, mas defesa falha

Os titulares da seleção brasileira golearam o time sub-20 do Fluminense por 5 a 1, em jogo-treino realizado na manhã deste domingo, no Estádio Thermoplan, em Weggis, na Suíça, mas a equipe mostrou certa fragilidade na defesa, principalmente pelo lado esquerdo, na cobertura dos avanços ao lateral Roberto Carlos.Foi num lance assim que Thiago Santos abriu o placar para a equipe carioca, aos 5 minutos do treino, abriu o placar, depois de vencer Lúcio no mano-a-mano. O empate da seleção veio aos 12 minutos, num belo chute colocado de Ronaldo, que encobriu o goleiro Cetin.Debaixo de muita chuva, o "quadrado mágico" começou a funcionar, e depois de tabelar com Ronaldo e Ronaldinho Gaúcho, Adriano marcou o segundo gol, aos 20 minutos. Logo depois, Kaká ampliou. Em comum, os três primeiros gols saíram de chutes de fora da área - assim como os dois primeiros diante da Argentina, na goleada por 4 a 1 que deu ao Brasil o título da Copa das Confederações, marcados por Adriano e Kaká.No sábado, Parreira havia dito após o treino que a meta do Brasil durante a preparação para a Copa do Mundo era repetir o bom desempenho mostrado no ano passado durante o torneio realizado na Alemanha.Cafu, que fez boas subidas pela direita, marcou o quarto gol, e Ronaldinho, quase no fim da movimentação, encerrou a goleada. Logo depois, o "juiz" Jairo Leal, auxiliar de Parreira, apitou o fim do treino. Os "bandeiras" foram os preparadores físicos Moraci Sant´Anna, que atuou no ataque brasileiro, e Paulo Paixão, alvo da reclamação de atacantes dos juniores do Fluminense ao marcar alguns impedimentos.O time atuou com a formação considerada titular por Parreira: Dida; Cafu, Juan, Lúcio e Roberto Carlos; Emerson, Zé Roberto, Kaká e Ronaldinho Gaúcho; Ronaldinho e Ronaldo. No segundo tempo, Parreira escala o time reservas para enfrentar o time sub-20 do Fluminense, que fez uma parada extra numa excursão pela Europa para servir de sparring para a seleção brasileira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.