Levi Bianco
Levi Bianco

Titulares mostram força e Corinthians coloca a mão na vaga

Com 3 a 0 no São Bernardo, basta um tropeço do Água Santa

Glauco de Pierri, O Estado de S. Paulo

23 de março de 2016 | 23h25

O Corinthians enfrentou o São Bernardo com seus principais jogadores. A ideia de Tite era buscar um crescimento da equipe titular na reta final da primeira fase do Paulistão. Em campo, o time demorou para engrenar, mas venceu o jogo por 3 a 0 e encaminhou sua classificação.

É verdade que a versão 2016 da equipe não dá espetáculo com a bola nos pés, como os titulares do time que conquistou o Brasileirão do ano passado. Em compensação, não falta disposição para buscar a vitória, e a cada jogo surgem novos protagonistas. Nesta quarta-feira, o lateral-direito Fagner e o meia Rodriguinho foram os melhores da noite.

No primeiro tempo, quando o São Bernardo equilibrou o jogo com marcação forte, o lateral pouco produziu, pois ficou preso na intermediária, atento no desarme. Rodriguinho buscava a bola infiltrada para os atacantes, mas a defesa rival funcionava como um paredão.

A partida começou a mudar aos 11 minutos, quando o meia-atacante Tatá, do São Bernardo, levou amarelo por reclamação. O castigou veio aos 39 minutos. Ao tentar parar um contra-ataque, Tatá segurou Uendel em uma falta boba, levou o segundo amarelo e foi expulso. Foi a senha para o Corinthians deslanchar no segundo tempo.

Logo aos três minutos da segunda etapa, o lateral-direito Fagner fez o que Tite pediu no intervalo: foi à linha de fundo e cruzou forte para Rodriguinho escorar e abrir o placar.

Antes de sair por conta de dores na perna direita, Rodriguinho fez o segundo gol e definiu o jogo. Ele recebeu de Guilherme na entrada da área, limpou a marcação e bateu de esquerda, sem chances para Daniel.

Após Cássio fazer grande defesa em linda jogada de Walterson pela esquerda do ataque do São Bernardo, o estádio Primeiro de Maio sofreu com o apagão de energia – os refletores ficaram no escuro por 22 minutos.

Assim que a luz voltou, o Corinthians marcou seu terceiro gol, quase em ritmo de treino. Mais uma vez em ótima jogada de Fagner, que avançou pela direita e cruzou na cabeça de Lucca, que testou no canto esquerdo do goleiro Daniel. Fim de uma boa resposta dos titulares do Corinthians ao teste de Tite.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.