Título da Copa Verde garante o Cuiabá na Sul-Americana de 2016

O que parecia uma missão quase impossível, acabou acontecendo na Arena Pantanal, na noite de quinta-feira, no jogo de volta da decisão da Copa Verde. Com uma atuação impecável, o Cuiabá goleou o Remo, por 5 a 1, superando a derrota sofrida na semana passada, por 4 a 1, em Belém, no Mangueirão.

Estadão Conteúdo

08 Maio 2015 | 07h52

Com este verdadeiro milagre, o time do Mato Grosso levantou o título da competição, em sua segunda edição, e garantiu uma vaga na Copa Sul-Americana de 2016. O campeão ergueu pela primeira vez uma taça no gramado ds Arena Pantanal, construída para a Copa do Mundo de 2014 e que apresenta muitos problemas de manutenção.

Neste domingo, o Cuiabá vai tentar ganhar outro troféu no estádio, porque vai enfrentar o Operário, dependendo do empate para ser campeão estadual. No primeiro jogo venceu por 1 a 0, também na Arena Pantanal.

O JOGO - Os primeiros minutos foram de equilíbrio e nervosismo, principalmente do time da casa que estava afoito. Mas de tanto insistir, o Cuiabá abriu o placar aos 24 minutos com Raphael Luz, de pênalti. Ele mesmo ampliou aos 34. E aos 41 minutos, Dadá marcou contra, fazendo 3 a 0 para o time cuiabano.

No começo do segundo tempo houve outro pênalti e outro gol de Raphael Luz, aos quatro minutos. Aos 23, a situação do Remo ficou mais complicada com a expulsão de Max. Mesmo com um jogador a menos, o time paraense diminuiu com Val Barreto, de cabeça, aos 28 minutos.

O placar de momento, de 4 a 1, levaria a decisão para os pênaltis. Mas Nino Guerreiro, de cabeça, aos 35 minutos, recolocou o Cuiabá em vantagem e com as mãos no título. Nos últimos minutos, Raphael Luz, herói do jogo com três gols, foi expulso por cometer falta violenta. Ele já tinha recebido o cartão amarelo por exagerar na comemoração de um dos gols. Nos acréscimos, o Remo ainda perdeu Igor João. Mas o placar não mudou. Assim, o Cuiabá garantiu o título da Copa Verde e a sua presença na Copa Sul-Americana de 2016.

Campeão paraense em cima do Independente, depois de eliminar nas semifinais do Paysandu, o Remo agora vai disputar a Série D do Campeonato Brasileiro, que começará no dia 12 de julho.

Mais conteúdo sobre:
futebolCopa VerdeCuiabáRemo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.