Marcelo Sayao/EFE
Marcelo Sayao/EFE

Título do Estudiantes deixa Argentina com 22 Libertadores

Time de La Plata levantou o troféu de melhor da América pela quarta vez; Brasil permanece com 12 triunfos

EFE,

16 de julho de 2009 | 00h38

A conquista do título da Copa Libertadores pelo Estudiantes em cima do Cruzeiro deixou a Argentina com 22 triunfos em 50 edições da principal competição de clubes sul-americana.

 

Veja também:

link Estudiantes frustra Cruzeiro e conquista a Libertadores

mais imagens GALERIA - Imagens da decisão em Belo Horizonte

especialLIBERTADORES: leia mais no canal especial

tabela Copa Libertadores - Classificação e Calendário 

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

 

A conquista do time de La Plata, com uma vitória de 2 a 1 sobre os mineiros em Belo Horizonte, foi a quarta na Libertadores. Antes, o time tinha levado o tricampeonato entre 1968 e 1970.

 

Curiosamente, o veterano meia Juan Sebastián Verón igualou um feito de seu pai, Juan Ramón, que participou da conquista do tricampeonato quando jogador.

 

O Independiente segue como maior vencedor entre os argentinos, com sete títulos: 1964, 1965, 1972, 1973, 1974, 1975 e 1984. Depois aparecem Boca Juniors (seis), Estudiantes, River Plate (2), Argentinos Juniors, Racing e Vélez Sarsfield (um cada).

 

O vice manteve o Brasil com 12 Libertadores, de São Paulo (3), Santos (2), Grêmio (2), Cruzeiro (2), Vasco, Flamengo, Palmeiras e Internacional (um cada).

 

O Cruzeiro tinha sido campeão em 1976 e 1997.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa LibertadoresEstudiantesCruzeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.