Divulgação
Divulgação

Títulos da Liga dos Campeões mostram que não tenho 'mão frouxa'

Carlo Ancelotti se defende das críticas por má fase do Real Madrid

TIM HANLON, REUTERS

06 Março 2015 | 15h44

O técnico do Real Madrid, Carlo Ancelotti, afirmou nesta sexta-feira que conquistar três títulos da Liga dos Campeões prova que ele sabe ter o pulso firme com os jogadores quando necessário.

Apesar de o Real ter uma vantagem de dois pontos na ponta do Campeonato Espanhol, Ancelotti tem sido criticado pela queda de rendimento da equipe desde a pausa do fim do ano, e também foi acusado de ser muito frouxo com os atletas da equipe.

"Eu me senti respaldado pelo clube desde o primeiro dia que cheguei", disse Ancelotti, que assumiu o Real Madrid em 2013, tendo no currículo dois títulos da Liga dos Campeões pelo Milan, a repórteres.

"Tenho muita experiência. Sou treinador há muitos anos, e com essa minha mão frouxa já consegui conquistar três Ligas dos Campeões", acrescentou.

No fim do ano passado, a torcida se acostumou a ver goleadas avassaladoras do Real Madrid durante uma sequência de 22 vitórias consecutivas, mas o time perdeu o encanto em 2015 e houve descontentamento por parte dos torcedores após o empate por 1 x 1 com o Villarreal no fim de semana.

Em especial, a torcida ficou insatisfeita com a substituição do meia criativo Isco por Asier Illarramendi, quando houve um coro de vaias.

"Estou acostumado com críticas, essa não foi a primeira vez e também não será a última, mas isso não vai mudar minha atitude. Tenho confiança total no time e repito que faria a mesma substituição outra vez", disse Ancelotti.

O treinador reconheceu, no entanto, que o time precisa recuperar sua potência ofensiva.

"Temos achado mais difícil marcar gols, já que perdemos eficiência. Não estamos saindo com a bola da defesa com a rapidez necessária, e estamos achando difícil encontrar espaços quando os times defendem com firmeza."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.