TJD paulista expulsa Edílson e Danelon

Os árbitros Edílson Pereira de Carvalho e Paulo José Danelon foram banidos do futebol. Em decisão nesta segunda-feira, na sede da Federação Paulista de Futebol, da 1ª Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva, presidida por José Thomaz Bechara Netto, os auditores decidiram, por unanimidade (3 a 0), acatar a denúncia feita pelo procurador Antônio Carlos Meccia. Foram analisadas as 22 partidas apitadas pelos dois (12 por Edílson Pereira e dez por Paulo José Danelon). Apenas duas, dirigidas por Danelon (Guarani 1 x 1 Atlético Sorocaba e Portuguesa 0 x 1 União São João) foram consideradas contaminadas. Na próxima segunda, o Tribunal Pleno analisará a decisão. E ainda cabe recurso.

Agencia Estado,

31 de outubro de 2005 | 19h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.