Daniel Teixeira/Estadão Conteúdo
Daniel Teixeira/Estadão Conteúdo

'Todos adoram ver seleção brasileira perder', afirma Dunga

Dunga diz que maior prazer dos rivais é ver derrota do Brasil

ALMIR LEITE E GONÇALO JÚNIOR, Estadão Conteúdo

13 de junho de 2015 | 20h09

Na primeira competição oficial após o vexame na Copa do Mundo, o técnico Dunga, obviamente, ainda tem de dar explicações sobre a maior derrota da história do futebol brasileiro. Na entrevista coletiva deste sábado, antes da estreia na Copa América, contra o Peru, o treinador afirmou que os rivais veem a seleção brasileira de uma maneira diferente.

"Todos adoram o Brasil, mas todos adoram ver o Brasil perder. Essa é a maior dificuldade que temos. O maior prazer deles é vencer o Brasil. Quando as equipes jogam entre elas, o jogo é diferente. Contra o Brasil é outra atmosfera", afirmou o treinador.

Questionado pela imprensa estrangeira sobre a herança da Copa, Dunga defendeu seus comandados. Dos 23 jogadores da última Copa, sete estão na Copa América: Neymar, a estrela da seleção, Jefferson, David Luiz, Fernandinho, Thiago Silva e Willian. Além de Daniel Alves, que foi convocado em cima da hora por causa do corte de Danilo.

"Na vida, a gente tem altos e baixos, e não é porque em algum momento a gente tem baixa que perdeu a nossa qualidade", afirmou. "Eu acredito neles, são jogadores de qualidade. Se a gente der confiança e carinho, eles vão voltar a joga o futebol que todos conhecemos".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.