Togo suspende greve e viaja para jogar contra a Suíça

Os jogadores da seleção de Togo, que haviam ameaçado entrar em greve neste domingo e não disputar a partida marcada para esta segunda, contra a Suíça, optaram por suspender o protesto e viajar a Dortmund, local do jogo. No entanto, ainda não existe confirmação oficial de que os jogadores entrarão no gramado.O porta-voz da seleção africana, Messan Attolou, confirmou que os jogadores tomaram o avião com destino a Dortmund. Mas ele não pôde garantir que os jogadores renunciaram definitivamente à reivindicação do pagamento de prêmios pela classificação ao Mundial.No início da manhã deste domingo (horário local), um membro da comissão técnica havia comentado que os jogadores tinham decidido permanecer no hotel onde a delegação está hospedada e que se negavam a viajar a Dortmund enquanto a federação de futebol de Togo não lhes pagasse os 50 mil euros de prêmios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.