Toninho Cecílio estreia e Prudente derrota Paulista

Nem um gol de meio-de-campo marcado pelo experiente Baiano evitou a situação dramática do Paulista de Jundiaí no Campeonato Paulista. O clube sofreu a sexta derrota seguida neste sábado à noite, ao cair em casa diante do Prudente por 2 a 1, no Estádio Jayme Cintra, em jogo válido pela 14.ª rodada.

AE, Agencia Estado

13 de março de 2010 | 22h02

A derrota mantém o Paulista na penúltima colocação, com oito pontos e cada vez mais próximo do rebaixamento à Série A-2. De outro lado, o Prudente subiu para a sétima colocação, com 22 pontos, mantendo as esperanças de alcançar vaga nas semifinais.

O Prudente, que estreou o técnico Toninho Cecílio, fez o primeiro gol aos 23 minutos do primeiro tempo. O volante Bruno Formigone, do Paulista, tentou tirar a bola da área, chutou nas costas de um companheiro e Tadeu mandou para as redes.

No segundo tempo, os visitantes ampliaram aos 19 minutos. Após boa troca de passes do ataque, Flavinho dominou na entrada da área e soltou uma bomba, no ângulo do goleiro Vinícius, que nada pôde fazer.

O Paulista diminuiu o marcador aos 35 minutos, num lindo gol. Baiano percebeu Márcio adiantado e bateu do meio-de-campo, encobrindo o goleiro e fazendo um golaço. A bola entrou no ângulo direito. Mas isso não foi suficiente para que o Paulista evitasse nova derrota.

Os dois times voltam a campo no próximo domingo, pela 15.ª rodada. O Paulista enfrenta o Botafogo, às 19h30, novamente em Jundiaí, enquanto o Prudente joga contra o Corinthians, às 17 horas, em Presidente Prudente.

FICHA TÉCNICA:

Paulista 1 x 2 Grêmio Prudente

Paulista - Vinícius; Weldinho, Eli Sabiá, William Rocha e Julinho; Rai (Carlão), Baiano, Bruno Formigone e Fabrizio (Mazola); Felipe Azevedo e Barboza (Marquinhos). Técnico - Wagner Lopes.

Grêmio Prudente - Márcio; Paulo César, Leonardo, Diego e Marcelo Oliveira; Anderson, Marcos Assunção (Denis), João Vítor e Wesley (Carlos Eduardo); Tadeu e Flavinho (Henrique Dias). Técnico - Toninho Cecílio.

Gols - Tadeu, aos 26 minutos do primeiro tempo. Flavinho, aos 19 e Baiano, aos 35 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Claudinei Forati Silva.

Cartões amarelos - Leonardo, Anderson, Carlos Eduardo, Baiano, Eli Sabiá, William Rocha, Weldinho, Bruno Formigone e Julinho.

Renda - R$ 21.975,00.

Público - 852 pagantes.

Local - Estádio Jayme Cintra, em Jundiaí (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.