Toninho, ex-Palmeiras, vira técnico

Ex-zagueiro do Palmeiras e com passagens por muitos clubes brasileiros, Toninho agora, aos 34 anos, virou técnico. Seu primeiro desafio na nova carreira será montar o time do Paraguaçuense, que disputará o Campeonato Paulista da Série A-2. A diretoria do clube, agora, espera conseguir preparar o time para a competição que começa dia 20 de janeiro. "É uma grande chance para iniciar a carreira, porque a Série A-2 é um dos campeonatos mais difíceis do Brasil", comentou Toninho ao ser apresentado pelo gerente de futebol, Edgar Pontes Franco. Seus últimos clubes como jogador foram Etti Jundiaí e Santo André, ambos dentro da Série A-2 - segunda divisão paulista. Mas a missão de Toninho será árdua. Ele terá praticamente 15 dias para formar um time para a estréia, em casa, diante do Araçatuba. Apenas alguns jogadores estão definidos, como o goleiro Wilson, o lateral André Luis, o volante Carlos e o atacante Dinei, que atuava no Corinthians de Presidente Prudente. As contratações terão que acontecer mesmo com uma crise administrativa. O presidente Dito Paiva, que também é vice-prefeito, ameaçou deixar o cargo. Sem a ajuda da prefeitura municipal é muito difícil administrar o Paraguaçuense, que tem uma torcida fanática que, normalmente, lota o acanhado estádio "Carlos Affini". A folha de pagamento está fixada em R$ 30 mil, o que significa que o time será bastante modesto.

Agencia Estado,

03 de janeiro de 2002 | 14h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.