Torcedor coreano é banido por cartaz sobre terremoto

O Jeonbuk Motors, clube da primeira divisão da Coreia do Sul, informou nesta sexta-feira a punição a um de seus torcedores por caçoar do terremoto ocorrido em março, no Japão, durante uma partida diante do Cerezo Osaka. Ele está impedido de acompanhar partidas da equipe no estádio do clube por dez anos.

AE-AP, Agência Estado

30 de setembro de 2011 | 10h19

O clube coreano afirmou, através de seu site oficial, que o torcedor já pediu desculpas pelo ato. Ele segurava um cartaz no qual afirmava que a tragédia japonesa era algo para ser celebrado, durante a partida de volta das quartas de final da Liga dos Campeões da Ásia, na última terça-feira.

O torcedor admitiu que seu comportamento foi "sem sentido" e disse que estava nervoso pela derrota do Jeonbuk para a equipe japonesa uma semana antes, por 4 a 3. O time coreano acabou avançando às semifinais, onde enfrentará o Al Ittihad, da Arábia Saudita, após vencer a partida de terça por 6 a 1.

Tudo o que sabemos sobre:
futeboltorcedorJeonbuk Motors

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.