Torcedor dá tiros na comemoração de gol

O torcedor do Paulista, o comerciante Paulo Roberto Nogueira de Sá, de 52 anos, morador na rua Osvaldo Cruz, no bairro da Ponte São João, em Jundiaí, deverá ficar sem ver o jogo decisivo entre Paulista e São Caetano, no próximo domingo. Ele foi preso por comemorar o gol de Canindé, no último domingo, depois de dar tiros para o alto com dois revólveres, um calibre 38 e uma pistola automática 380. Os policiais militares Coutinho e Henrique foram acionados pelos vizinhos, que denunciaram o comerciante. Levado ao Plantão Policial, o delegado José Roberto Ferraz cumpriu a Lei de Desarmamento e indiciou Paulo Nogueira em flagrante por porte ilegal de arma e eisparo de arma de fogo. Durante interrogatório, o comerciante confirmou ao escrivão Carlos Eduardo Barbosa Soares de que fez os disparos para o alto, "mas só para comemorar o gol".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.