Torcedor do Botafogo morre no Rio

A polícia descobriu na manhã desta segunda-feira que o torcedor do Botafogo Fred Paiva da Silva, de 28 anos, conhecido como Ceará, também morreu no confronto entre torcedores do clube carioca e do Fortaleza, após o jogo de domingo, no Rio, pelo Campeonato Brasileiro.Depois do jogo no Estádio Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador, um grupo de torcedores do Fortaleza estava num ônibus que foi atacado por quatro homens, um deles armado, quando chegava ao acesso da ponte Rio-Niterói, na zona portuária, no centro do Rio. Durante o ataque, também morreu o chefe da torcida organizada do Fortaleza, o estudante de Direito Marcionilio Pinheiro, de 28 anos.O corpo de Fred Paiva da Silva foi encontrado no Hospital Cardoso Fontes, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio. De acordo com a polícia, os dois grupos haviam marcado um duelo pela internet. Felipe Alves Maia e Marcelo Oliveira Ramos da Silva, acusados de terem atacado o ônibus, já estão presos.

Agencia Estado,

05 de dezembro de 2005 | 13h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.