Torcedor do Flamengo baleado segue em estado grave

O torcedor do Flamengo Fabio Alves da Silva, de 28 anos, atingido com um tiro no pescoço antes do clássico contra o Vasco, neste domingo, continua internado em estado grave. Ele foi submetido a uma cirurgia na manhã desta segunda-feira, no Hospital Salgado Filho, no Meier, zona norte.

AE, Agencia Estado

23 de março de 2009 | 19h32

De acordo com testemunhas, a vítima estava no meio de um grupo de torcedores do Flamengo quando foi baleada após um confronto com a torcida do Vasco, nas imediações da estação ferroviária da Mangueira. Ele foi levado de carro por um amigo para o hospital.

Outros dois torcedores do Flamengo, Marlus Newton, de 19 anos, e Jonas Benjamin, de 18, foram espancados por um grupo de vascaínos em Jacarepaguá, na zona oeste, também antes da partida, e passaram a noite de domingo no Hospital Pasteur, no Meier. Eles acabaram agredidos apenas porque vestiam a camisa do Flamengo.

Marlus sofreu diversas escoriações e fraturas no rosto, mão e joelho, enquanto seu amigo teve o rosto bastante atingido. Os dois, no entanto, já foram liberados.

Mais conteúdo sobre:
futebolviolênciaFlamengo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.