Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Torcedor do Palmeiras terá de recorrer a rádios de Maceió para acompanhar jogo

Falta de contrato com a Globo e partida do Corinthians no mesmo horário mudam alternativas para se acompanhar o time

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

30 de abril de 2019 | 04h30

O torcedor do Palmeiras viverá uma situação diferente na próxima quarta-feira para tentar acompanhar a partida do time contra o CSA, em Maceió, pelo Campeonato Brasileiro, a partir das 16h. Quem não for ao estádio Rei Pelé, terá de recorrer à transmissão da partida por emissoras de rádio alagoanas para saber dos lances e do andamento do placar da partida.

Como o Palmeiras não fechou acordo com a Globo para os direitos de transmissão do torneio para TV aberta e pay-per-view, a partida em Maceió não terá transmissão em nenhum canal. Já para TV fechada, a exibição da partida está impossibilidada porque o clube alvierde tem acordo com a Turner enquanto o CSA, por sua vez, fechou vínculo com o SporTV.

Por isso, as únicas alternativas restantes para acompanhar a partida são em ferramentas de tempo real pela internet, como no Estado, ou por emissoras de rádio. Esta segunda opção, no entanto, só será possível ao sintonizar emissoras alagoanas. Segundo apurou o Estado, as principais estações de São Paulo não vão transmitir a partida, pois estarão no mesmo horário com outro evento: a partida do rival.

Também às 16h de quarta-feira o Corinthians estará em campo em São Paulo contra a Chapecoense pelo Campeonato Brasileiro. Como essa partida será na capital paulista, as emissoras locais vão se dedicar principalmente à cobertura do jogo do clube do Parque São Jorge, porém terão entradas ao vivo e informações dos principais lances de CSA x Palmeiras.

As rádios de Maceió que costumam transmitir regularmente as partidas do CSA são a Pajuçara, Gazeta AM e 1020 AM. Todas também podem ser sintonizadas também pela internet.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.