Torcedor do Vitória morre em briga durante clássico baiano

Apesar do forte aparato policial - que envolveu mais de 500 PMs - montado para evitar brigas e confusões durante o primeiro clássico baiano da temporada, no qual Bahia e Vitória empataram em 1 a 1, pelo menos um torcedor morreu durante uma briga do lado de fora do Estádio Manoel Barradas (Barradão), em Salvador (BA), domingo, pouco antes da partida. Segundo informações da família, Luiz Carlos Vitor Pereira, de 41 anos, estava na porta do estádio, com a camisa do Vitória, tentando comprar ingressos para o jogo quando foi agredido com um soco por um integrante da torcida organizada Bamor, do Bahia. Pereira teria caído e morrido antes de receber socorro médico - ainda não se sabe se ele sofreu traumatismo craniano com a queda ou se foi vítima de enfarte durante a confusão.O laudo do Instituto Médico-Legal Nina Rodrigues sai em até 30 dias. O enterro está marcado para as 16h30 desta segunda-feira (17h30, no horário de Brasília), no Cemitério Quinta dos Lázaros, na capital baiana. A polícia investiga uma suposta segunda morte, por enfarte, durante outra confusão nos arredores do estádio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.