Torcedor invade gramado para agredir técnico na Escócia

O técnico do Celtic, da Escócia, Neil Lennon, voltou a ser alvo de ataques nesta quarta-feira. O treinador estava comandando sua equipe à beira do gramado do estádio de Edimburgo quando foi agredido por um torcedor do Hearts que invadiu o campo com esta finalidade.

AE, Agência Estado

11 de maio de 2011 | 20h21

A agressão veio logo após o Celtic fazer o segundo gol da vitória por 3 a 0 fora de casa. Como não há grades que separam as arquibancadas do gramado, o torcedor invadiu o campo com facilidade, se dirigiu ao treinador e quase o acertou com um soco. Neste momento, a polícia já tentava interceptá-lo.

Há pouco menos de dois meses, o treinador recebeu uma carta bomba pelo correio, mas a mesma falhou em suas mãos e não explodiu. A polícia ainda investiga o caso.

O Hearts logo se pronunciou em nota, lamentando o ocorrido entre seu torcedor e o técnico norte-irlandês. "O Hearts é um clube que prima pela política do ''futebol para todos'' e esse tipo de ação não tem lugar aqui", diz o comunicado. "Nós daremos nosso total apoio às autoridades policiais na investigação que se seguiu aos acontecimentos da partida desta noite", completa.

Lennon não quis falar sobre a tentativa de agressão, mas seu assistente Johan Mjallby descreveu o incidente como "absolutamente lamentável", garantindo que o treinador passa bem. "Obviamente nós estamos muito chocados. O garoto podia estar com alguma coisa em suas mãos", lembrou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCelticIrlanda do NorteEscócia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.