Torcedor morre na Argentina e dois jogos são suspensos

Jovem de 21 anos foi vítima de um disparo quando ia assistir ao jogo do Vélez Sarsfield, líder do campeonato

EFE

16 de março de 2008 | 01h07

O assassinato de um torcedor e a suspensão de duas partidas pela insegurança marcaram a sexta rodada do Torneio Clausura 2008 do futebol argentino. A morte do torcedor do Vélez Sarsfield Emanuel Álvarez, de 21 anos, provocada por um disparo de arma de fogo quando ia para o estádio, determinou a suspensão da partido da equipe, líder do torneio, fora de casa frente ao San Lorenzo. No norte do país também o encontro entre Gimnasia de Jujuy e o campeão do Apertura 2007 Lanús também não aconteceu, porque a Polícia não garantiu a segurança no estádio e seus arredores. Boa parte dos agentes foi destinada à custódia da Casa de Governo onde há dois dias trabalhadores da administração pública protestam, instalados em um de seus salões, por melhoras salariais. O Independiente de Avellaneda venceu o Gimnasia y Esgrima La Plata por 3 a 1, com gols de Daniel Montenegro, Matías Di Gregorio e Germán Denis, e Matías Escobar para o Gimnasia. O encontro entre Banfield e Tigre terminou empatado em 3 a 3. O Argentinos Juniors venceu na cidade de Santa Fé o Colón por 1 a 0, com gol de Gabriel Hauche. O Estudiantes alcançou o Vélez na liderança na sexta-feira, ao vencer o San Martín de San Juan por 3 a 2, enquanto o Rosario Central bateu o Olimpo por 3 a 1.  

Tudo o que sabemos sobre:
Campeonato Argentinomorte no futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.