Valério Gonçalvez/AE
Valério Gonçalvez/AE

Torcedor sofre para comprar ingresso para final do Paulista

Santos e Santo André fazem a primeira partida da decisão no domingo, no Pacaembu

SANCHES FILHO, Agência Estado

21 de abril de 2010 | 17h56

Filas, confusão e muitas reclamações. Esse foi o saldo do primeiro dia de venda dos ingressos para o primeiro jogo da final do Paulistão, que acontece no domingo, entre Santo André e Santos. Nesta quarta-feira, em alguns pontos de comercialização, como no Pacaembu e no Bruno José Daniel, as bilheterias foram abertas às 9 horas, como havia sido anunciado. Mas na Vila Belmiro houve atraso no atendimento ao torcedor.

Na Vila Belmiro, os primeiros torcedores começaram a chegar por volta das 7 horas. Duas horas depois, a fila já era grande e, como o horário para a abertura dos guichês não foi respeitado, houve muitos protestos. A venda começou só por volta das 11 horas - segundo os funcionários do setor de arrecadação do Santos, porque houve atraso na remessa dos bilhetes para o clube.

No Pacaembu, embora as bilheterias tenham sido abertas às 9 horas, também houve revolta e reclamações, inicialmente com relação às pessoas que furavam a fila, aproveitando-se da falta de policiamento no local. Outro problema foi que apenas três das seis bilheterias do estádio foram abertas, o que provocou demora exagerada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.