Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Torcedores cercam Romário no vestiário

A ironia ganhou destaque nesta quinta-feira, após a partida entre o Vasco e Universidad Católica, pela Copa Mercosul. No dia em que o atacante Romário resolveu pedir paz ao mundo, foi xingado e ameaçado por parte da torcida durante todo jogo desta quinta-feira. Ao final da partida, torcedores cercaram o vestiário vascaíno na tentativa de agredir o jogador. A relação da torcida com o jogador, que jamais foi boa, foi agravada devido ao fato de o atacante ter feito gestos obscenos para seus críticos depois de fazer um gol. Romário foi escoltado por seguranças até proximidades de sua residência. "Toda ação tem uma reação. Não estou arrependido, não" disse Romário, mantendo sua posição e mostrando-se vingativo.Ao comentar o fato, Romário foi duro. "A partir do momento que esse grupinho colocar a mão em mim, vou reagir", ameaçou o atleta. "São bobalhões que querem atrapalhar meu trabalho, mas não vão conseguir", frisou. Em relação ao argumento da torcida, que exige a presença do atacante em suas reuniões, ele se mostrou indignado. "Não tenho que conversar com ninguém. Faço meu papel e estou com a consciência tranqüila."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.