Torcedores condenados por racismo

Dois torcedores do Estrasburgo foram condenados nesta segunda-feira por causa de insultos racistas feitos contra jogadores do time francês. Processados desde agosto por ofensas a Mamadou Bagayoko, Habib Beje e Pegguy Luyindula, os torcedores terão de pagar 1.100 euros (cerca de US$ 1 mil) para as associações antiracistas que entraram com a ação. A sentença ainda impõe dois meses de prisão aos torcedores, mas em regime aberto.

Agencia Estado,

11 de junho de 2001 | 17h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.