Reprodução/ Olé TV
Reprodução/ Olé TV

Torcedores do Corinthians são detidos na Argentina, diz jornal

De acordo com o Diario Olé, 14 fãs do alvinegro tentaram entrar no estádio com substâncias proibidas e bandeiras ilegais

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de fevereiro de 2019 | 14h43

Antes da classificação do Corinthians na Copa Sul-Americana contra o Racing, na noite desta quarta-feira, torcedores do time alvinegro foram detidos na Argentina quando se dirigiam para o estádio Presidente Perón. De acordo com o diário argentino Olé, eles foram interceptados pela polícia de Avellaneda ainda durante a tarde.

Um deles foi flagrado tentando levar ao 'Cilindro', como é chamado o estádio do Racing, uma bandeira enrolada em seu corpo por debaixo da sua roupa. Os policiais suspeitaram que a faixa era maior que o tamanho permitido pela Conmebol, de 2 metros x 1 metro, e terminaram por 'desenrolá-la' do torcedor.

Além disso, o portal do diário argentino afirma que outros 13 torcedores foram detidos nos arredores do estádio tentando ingressar nas arquibancadas portanto substâncias ilegais como cocaína, maconha, pasta de ecstasy e álcool. Todos eles foram encaminhados para uma delegacia local, onde se tomarão os procedimentos legais.

O Corinthians venceu o Racing nos pênaltis na noite desta quarta, após um empate por 1 a 1 no tempo normal - o mesmo placar ocorreu na partida de ida, em São Paulo, na semana passada. Além de Vagner Love, que marcou o gol do empate do time alvinegro, o goleiro Cássio pegou dois pênaltis e terminou como o heroí da classificação corinthiana na Argentina.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.