Torcedores do Espanyol pegam três anos de prisão

Justiça espanhola condena por causa de tumultos acontecidos em clássico catalão na temporada 2004/05

EFE

08 de abril de 2008 | 13h12

Três torcedores do Espanyol foram condenados a três anos de prisão terem causado tumultos na arquibancada do Estádio Olímpico em um jogo do clube contra o Barcelona, válido pela temporada 2004/05 do Campeonato Espanhol. No dia 16 de outubro de 2004, David García, Antonio Sánchez e Raúl Rubio romperam o cordão de isolamento da arquibancada, além de arrancar grades e atirar cadeiras na direção dos policiais.O trio também causou tumultos do lado de fora do estádio, "atirando sinais de trânsito no meio da calçada". Eles foram identificados e presos por policiais à paisana.Além dos três anos de prisão, os torcedores deverão pagar 10.782,00 euros (cerca de R$ 29 mil) ao Espanyol por causa dos danos ao Olímpico e estão banidos dos estádios nos próximos cinco anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.