Evelson de Freitas/Estadão
Evelson de Freitas/Estadão

Torcedores do São Paulo depredam estação da Linha Amarela do Metrô após eliminação

Vândalos tentaram invadir a estação São Paulo-Morumbi após encontrarem os portões fechados após a meia-noite

Redação, O Estado de S.Paulo

14 Fevereiro 2019 | 09h01

Após o empate por 0 a 0 e a eliminação do São Paulo na fase preliminar da Copa Libertadores 2019, torcedores da equipe depredaram a Linha 4- Amarela do Metrô. A confusão começou quando o público que compareceu ao Morumbi encontrou os portões da estação São Paulo-Morumbi fechadas depois da meia-noite. Revoltados, vândalos passaram a forçar a entrada para embarcar. A polícia teve que usar gás de pimenta para dispersar a confusão.  Ninguém foi preso.

Quem já estava dentro da estação sofreu com o cheiro do gás. Para tentar amenizar o problema, o sistema de circulação de ar da estação foi invertido. 

Em nota, a ViaQuatro, concessionária que administra a Linha 4 Amarela, disse que a estação fechou às 0h, em seu horário habitual e que avisos sonoros reforçando o fim das atividades foram disparados diversas vezes na última quarta.

Na manhã desta quinta-feira, funcionários da manutenção do Metrô colocavam placas de acrílico no lugar dos três vidros quebrados. A operação da estação São Paulo-Morumbi não foi impactada por conta da depredação e forneceu serviços normalmente.

 

PROTESTO NO MORUMBI

Revoltada com mais uma eliminação, parte da torcida permaneceu em frente ao portão principal do Morumbi para protestar e xingar jogadores e dirigentes do clube. A polícia, do lado de dentro, observa a movimentação. Houve um princípio de confusão apenas no início do ato.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.