Torcedores do São Paulo são detidos

No Estádio do Morumbi, a operação de guerra armada pela polícia foi eficiente e não houve registro grave de violência. Mas longe dali, já bem depois do clássico entre São Paulo e Corinthians, que terminou 1 a 1, na noite de segunda-feira, torcedores dos dois times entraram em confronto. E, apesar de não ter deixado nenhum ferido, a confusão levou mais de 50 são-paulinos para a prisão.Um grupo de integrantes da torcida uniformizada Independente de Diadema, do São Paulo, que retornava do jogo contra o Corinthians, na noite de segunda-feira, desceu do ônibus na Av. Cupecê e invadiu um restaurante do Habib´s, que é um dos patrocinadores são-paulinos. Havia torcedores corintianos tomando lanche naquele local e isto bastou para que os invasores entrassem quebrando copos, pratos, mesas e cadeiras. Como havia um carro do 22º BPMM seguindo o ônibus, eles rapidamente acionaram outros policiais. E assim, impediram que a depredação se tornasse incontrolável. Foram levados para o 98º Distrito Policial 55 torcedores, mas apenas seis foram reconhecido por vítimas e testemunhas. Esses foram indiciados em inquérito por danos ao patrimônio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.