Reprodução / Twitter
Reprodução / Twitter

Torcedores do Valladolid culpam Ronaldo pelo iminente rebaixamento: 'Completo descaso'

Adeptos da equipe espanhola querem marcar uma reunião com o ex-jogador brasileiro para discutir o futuro do clube, na iminência de ser rebaixado

Redação, O Estado de S.Paulo

20 de maio de 2021 | 09h47

Os torcedores do Real Valladolid estão irritados com a postura do presidente do clube, o ex-jogador da seleção brasileira Ronaldo. Isso porque restando uma rodada para o término do Campeonato Espanhol, nem mesmo uma vitória diante do líder Atlético de Madrid, adversário deste fim de semana, garante a permanência da equipe na elite da competição. Os adeptos culpam o brasileiro pelo iminente rebaixamento. O Valladolid não depende mais de suas próprias forças. O time é penúltimo colocado na Espanha.

"Através desta carta, solicitamos um encontro informativo entre os Presidentes dos Peñas e Ronaldo Nazario de Lima, atual Presidente do Clube e chefe do futuro próximo de nossa equipe. Nossa intenção é mostrar nosso desconforto pelo que acreditamos que tem sido um completo descaso na tomada de decisões que correspondiam ao âmbito desportivo durante esta temporada, tendo como consequência, o iminente rebaixamento da equipe", escrevem os torcedores do Valladolid.

O "completo descaso" de Ronaldo, citado pelos adeptos do clube espanhol, diz respeito à postura do ex-jogador. No último domingo, enquanto o Valladolid era goleado pelo Real Sociedad por 4 a 1, o brasileiro publicou um vídeo ao lado do ator Bruno Gagliasso, durante um passeio de barco na ilha de Formentera. Após a derrota, que afundou ainda mais o time na zona de rebaixamento, uma faixa que dizia "Ronaldo culpado" foi pendurada no Estádio José Zorrilla. 

"Lamentamos também o sigilo e a falta de comunicação do Clube, e em especial do seu Presidente, no que diz respeito a quem somos, o pilar deste clube: a sua massa social (Associados, Torcedores e Adeptos). Acreditamos que, neste ponto, devam ser dadas as devidas explicações sobre o futuro imediato do Valladolid e assim saber quais são ao mesmo tempo as intenções do seu máximo representativo e os planejamentos econômico e desportivo a curto prazo. Tudo isso com o objetivo de poder devolver um clube histórico como o nosso ao lugar que merece, a Primeira Divisão", acrescentam os torcedores, conformados com a queda para a segunda divisão. 

Para escapar do rebaixamento, o Valladolid, que se encontra em 19.ª lugar, precisa vencer o líder Atlético de Madrid e torcer para uma derrota do Huesca, primeiro time a aparecer fora da zona da degola, e do Elche, que está imediatamente à frente, na 18.ª colocação. Ambos estão com 33 pontos, enquanto o time de Ronaldo tem 31. O jogo contra os candidatos ao título acontece neste sábado, às 13h. Ronaldo ainda não se manifestou sobre as cobranças. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.