Torcedores hostilizam jogadores do Real Madrid após derrota em clássico

Após a derrota para o Barcelona no clássico espanhol, torcedores exaltados do Real Madrid se concentraram na porta do centro de treinamento da equipe para protestar na noite de domingo. Eles hostilizaram os jogadores e tentaram acertar tapas e chutes nos carros de Gareth Bale e Jesé Rodríguez.

Estadão Conteúdo

23 Março 2015 | 15h25

As imagens foram registradas pelo canal de televisão Cuatro. O ponta galês, contratação mais cara da história do Real Madrid, vem tendo suas atuações questionadas durante esta má fase dos merengues. Após perceber a agressividade dos torcedores, o jogador teve de acelerar o carro para fugir da confusão.

Reserva da equipe, Jesé parou para conversar com os torcedores. Um deles cobrou mais empenho do time em campo com o dedo em riste. Diante do clima hostil, o atacante fechou o vidro para evitar qualquer agressão.

O zagueiro Sergio Ramos, um dos líderes da equipe, também estacionou o carro. Mas baixou o vidro para dar uma bronca nos torcedores: "O que está acontecendo aqui? Acham que é certo tomar essa atitude a essa altura? No elenco, todos assumimos a culpa", disse o jogador, tentando dividir a culpa pela derrota no Camp Nou. O resultado deixou o Real Madrid quatro pontos atrás do arquirrival, na vice-liderança do Campeonato Espanhol.

Mais conteúdo sobre:
futebol Real Madrid torcedores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.