Torcedores ingleses acusados de racismo

Enquanto o mundo de futebol discute o racismo contra jogadores negros, principalmente na Espanha, a Inglaterra tomas medidas concretas. Nesta quarta-feira, três torcedores ingleses foram acusados de insultar o atacante Dwight Yorke, do Birmingham, e serão julgados na quinta.As ofensas racistas contra Yorke, natural de Trinidad & Tobago, aconteceram no último dia 21, no jogo entre Birmingham e Blackburn, pelo Campeonato Inglês. Shaun Baxter, Brian Hargreaves e Andrew Roberts foram detidos na terça-feira passada e correm risco de serem proibidos de entrarem em estádios de futebol por um bom tempo.No mês passado, a polícia também deteve outros dois homens envolvidos no mesmo incidente. Jason Perryman, de 22 anos, admitiu a acusação e, como pena, recebeu multa de 1.500 euros e foi proibido de entrar num estádio de futebol durante cinco anos. Já David Ashcroft, de 21, negou ter ofendido Yorke e será julgado no dia 22 de dezembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.