Carlos Moraes/Ag. O Dia
Carlos Moraes/Ag. O Dia

Torcedores invadem gramado e causam confusão em treino do Vasco

Cerca de 30 integrantes de uma organizada cobraram o elenco vascaíno

AE, Agência Estado

22 de março de 2013 | 12h21

RIO - Cerca de 30 integrantes de uma torcida organizada do Vasco invadiram o gramado de São Januário na manhã desta sexta-feira e interromperam o treino do time. Alguns jogadores faziam atividade física e correram rapidamente para o vestiário: somente ficaram no gramado os goleiros Michel Alves, Alessandro e Diogo Silva, que foram cumprimentados pelos manifestantes.

O diretor executivo do Vasco, René Simões, conversou com o grupo na entrada do vestiário. Depois, Carlos Alberto subiu ao gramado. A conversa durou cerca de 45 minutos. Ao fim, os manifestantes deixaram o gramado escoltados por policiais e seguranças do Vasco.

Os integrantes da organizada começaram a se aglomerar no entorno de São Januário às 9h30, horário marcado pelo clube para o início do treino. Depois da saída dos manifestantes, alguns jogadores voltaram para o gramado, mas a atividade ficou restrita à sala de musculação.

O grupo do Vasco vive momento conturbado neste início de Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca, com derrotas seguidas logo nas duas primeiras rodadas. O último revés, na quarta-feira, diante do Nova Iguaçu, custou o emprego do técnico Gaúcho.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascotreinoconfusão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.