Gregorio Cunha/EFE
Gregorio Cunha/EFE

Torcedores invadem treino do Sporting e agridem jogadores e comissão

Encapuzados, os vândalos adentraram o CT do clube e interromperam uma sessão de treinos

Estadão Conteúdo

15 Maio 2018 | 16h06

Cerca de 50 torcedores invadiram o treino do Sporting nesta terça-feira, em Lisboa, e agrediram atletas e integrantes da comissão técnica. Encapuzados e sem mostrar os rostos, os vândalos adentraram o CT do clube e interromperam uma sessão de treinos com protestos, seguidos de violência.

+ Organizada do Palmeiras pede a saída de Roger e promete protesto

De acordo com relatos, os torcedores tentaram intimidar os presentes no gramado do CT e rapidamente partiram para a violência. Eles usaram tochas, barras de ferro e cintos para agredir os atletas e a comissão técnica.

Bas Dost, Acuña, Rui Patrício, William Carvalho e Battaglia, além do técnico Jorge Jesus e do auxiliar Raul José, teriam sido atingidos pelos torcedores. Deles, Dost foi quem levou a pior. Ele teria sido encurralado e jogado ao chão, antes de levar chutes, pontapés e golpes de ferro na cabeça. Imagens dele já no hospital mostraram dois profundos cortes em sua testa.

"O Sporting Clube de Portugal repudia de forma veemente os acontecimentos registrados hoje na Academia Sporting. Não podemos de forma alguma compactuar com atos de vandalismo e agressão a atletas, treinadores e staff do futebol profissional, nem com atitudes que configuram a prática de crime que em nada honram e enobrecem o Sporting Clube de Portugal. O Sporting não é isto, o Sporting não pode ser isto", comunicou o clube.

 

O time português ainda prometeu colaborar com as investigações e tomar as medidas cabíveis contra os vândalos. "Tomaremos todas as diligências no sentido de apurar cabais responsabilidades pelo que aconteceu e não deixaremos de exigir a punição de quem agiu desta forma absolutamente lamentável."

A ira da torcida foi gerada pela não classificação do Sporting para a Liga dos Campeões da próxima temporada, com a derrota para o Marítimo na última rodada do Campeonato Português. Mas, no domingo, a equipe ainda terá pela frente a decisão da Taça de Portugal diante do Desportivo Aves, em Oeiras.

Para o confronto, o time já não deverá contar com Bas Dost, graças aos ferimentos sofridos nesta terça. De acordo com a imprensa da Argentina, os jogadores Marcos Acuña e Rodrigo Battaglia, ambos pré-convocados pela seleção do país para a Copa do Mundo, já teriam pedido a rescisão unilateral de seus contratos após estes acontecimentos.

Mais conteúdo sobre:
Sporting Clube de Portugal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.