AP Photo/Andre Penner
AP Photo/Andre Penner

Torcedores passam a noite na arena para aguardar corpos dos atletas da Chapecoense

Fãs fizeram vigília na Arena Condá, em Chapecó

Daniel Batista e Gilberto Amendola, enviados especiais a Chapecó, Estadão Conteúdo

30 Novembro 2016 | 08h20

O amor pelo clube e o reconhecimento pelo que os atletas da Chapecoense mortos fez com que um grupo de torcedores passassem à noite na Arena Condá. Eles prometeram que só deixarão o local após os corpos dos 19 jogadores do time chegarem a cidade.

Os torcedores dormiram no estádio e receberam alimentação de comerciantes da região. Desde a manhã de terça-feira, fãs deixaram flores, velas, estenderam bandeiras e fizeram cânticos em homenagens aos ídolos até o fim da noite. Na arena, durante certa de 50 minutos, a torcida fez uma bonita homenagem, cantando músicas do time e os nomes de todos os jogadores que morreram na tragédia. Pela cidade, o que mais se viu foi pessoas, de variadas idades, vestindo a camisa da Chapecoense.

Nesta quarta-feira, a equipe faria o primeiro jogo da decisão da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional, na Colômbia. Na mesma hora da partida, um evento no estádio será realizado em homenagem aos falecidos após a queda do avião.

Segundo o diretor geral da CBF, Walter Feldmann, os corpos devem chegar o mais rápido possível, mas ele não quis definir uma data. Informalmente, a diretoria da Chapecoense acredita que até sexta-feira todos os corpos chegarem e um velório será realizado na arena, que desde o início da manhã de terça-feira, recebeu diversas homenagens. Até o momento, não existe a confirmação de que algum dos falecidos seja enterrado na cidade.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.