Torcedores pedem ajuda ao Paraguai

Uma manifestação bem-humorada do grupo carioca Confraria do Garoto levou ao consulado do Paraguai, em Botafogo, na zona sul, defumadores, muitos galhos de arruda, velas e cartazes com os dizeres: "Pra frente Brasil" e "Uma andorinha só faz verão" (em alusão ao artilheiro Romário, do Vasco). Os manifestantes pediram à consul-geral do País no Rio, Martha Galli Hartveld, para que a seleção paraguaia "facilite" a vitória do Brasil no decisivo confronto de quarta-feira, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2002, em Porto Alegre. "Não sei se estarei em contato com o técnico (do Paraguai) Sergio Markarián, mas, se estiver, transmitirei o pedido", disse Martha, que se divertiu muito com a brincadeira. O grupo, que considera a data de 13 de agosto como o dia do azar, presenteou Martha com uma camisa original e outra falsa da seleção brasileira, além de uma flâmula da seleção de 1958. A manifestação teve como trilha sonora as músicas "Pra frente Brasil" e "Índia", que fez muito sucesso no Paraguai nos anos 50.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.