REUTERS/Molly Darlington/File Photo
REUTERS/Molly Darlington/File Photo

Torcedores removem homenagem a Courtois de calçada da fama do Atlético de Madrid

Goleiro belga atuou nos dois rivais de Madrid e disse que agora, no Real, 'está do lado bom da história'

Redação, Estadao Conteudo

31 de maio de 2022 | 13h25

Torcedores do Atlético de Madrid vandalizaram a calçada da fama nos arredores do Estádio Wanda Metropolitano e removeram a placa em homenagem ao goleiro Thibaut Courtois, que jogou no time colchonero no passado e hoje defende o rival Real Madrid. Após a imagem do local vandalizado correr pelas redes sociais, a placa foi colocada de volta pelo clube na manhã desta terça-feira.

O belga irritou a torcida do Atleti por causa de um comentário em coletiva antes de conquistar o título da Liga dos Campeões com o Real Madrid. "Para mim, se você enfrenta o Real Madrid, você sabe que quando eles jogam a final, eles vencem. Agora, estou do lado bom da história", afirmou o goleiro de 30 anos.

A frase não foi bem recebida porque Courtois jogou o clássico madrilenho na final da Liga dos Campeões de 2014, quando ainda defendia o lado colchonero e amargou o vice-campeonato para os rivais, após derrota por 4 a 1. A torcida entendeu, portanto, que a fala foi uma comparação entre os times.

Então, torcedores passaram a cobrar a remoção da placa no Wanda Metropolitano, o que motivou uma declaração polêmica de Enrique Cerezo, presidente do Atlético. "Se querem remover a placa de Courtois, vão até lá com um picareta e uma pá para removê-la", disse o dirigente. A sugestão foi acatada, mas os autores ainda não foram identificados.

Depois que as imagens da calçada vazia no local onde antes repousava a placa tomaram as redes sociais, Courtois publicou uma foto segurando a taça da Liga dos Campeões e escreveu "Hala Madrid", sem mencionar a polêmica envolvendo seu nome. Ele jogou no Atlético de 2011 a 2014, emprestado pelo Chelsea, e fez 154 partidas com a camisa do time.

CORTADO DA SELEÇÃO

Grande destaque da vitória por 1 a 0 sobre o Liverpool na final da Liga dos Campeões, ao lado de Vinícius Júnior, autor do gol, Courtois teria compromissos com a seleção belga pela Liga das Nações nos próximos dias. Nesta terça, contudo, a Bélgica anunciou que o jogador foi cortado em razão de uma pubalgia que já o incomoda há duas semanas. Ou seja, jogou a decisão europeia com problemas físicos e brilhou mesmo assim.

Integrante do Grupo 4 da Liga das Nações, a Bélgica tem encontros com Holanda, Polônia e País de Gales entre os dias 3 e 14 de junho. Depois disso, o torneio europeu será retomado apenas em setembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.