Torcedores sérvios são condenados por morte de francês

Uma corte de Belgrado julgou nesta terça-feira culpados 14 sérvios envolvidos na morte de um torcedor francês em setembro de 2009.

AE-AP, Agência Estado

25 de janeiro de 2011 | 11h41

O grupo, pertencente a uma torcida organizada do Partizan, atacou Brice Taton, de 28 anos, num café na capital sérvia antes da partida contra o Toulouse pela Liga Europa. O francês morreu alguns dias depois num hospital da cidade.

A Justiça sérvia condenou os agressores a penas que variam entre quatro e 35 anos de prisão. Dois deles estão foragidos e foram julgados à revelia.

A Sérvia vem enfrentando graves problemas com violência no futebol. No ano passado, torcedores daquele país causaram um tumulto que provocou a suspensão da partida contra a Itália, no estádio Luigi Ferraris, em Gênova, pelas Eliminatórias da Eurocopa de 2012.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.